BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Do nosso jeito.


Do jeito que eu estremeço quando você me toca,
do jeito que eu fico sem graça quando você me olha,
do jeito que você sorri quando me vê,
do jeito como você fica bobo perto de mim,
do jeito que eu não consiigo deixar de te tocar,
do jeito que seu beijo é macio,
do jeito como você se aproxima,
do jeito que você ri do que eu digo,
do jeito que você cuida para não dizer as palavras erradas,
do jeito que seu corpo gruda no meu,
do jeito como você acaricia os meus cabelos,
do jeito como eu tento esconder os meus olhos,
do jeito como você sussurra bem baixinho, como se só eu fosse a dona do seu segredo mais íntimo.
do jeito como você diz que me ama. É recíproco.
É amor de novela, é amor de cinema, é amor.

22 pensamentos:

' Sofih! disse...

Tem gente que diz que amor igual de novela não existe. Existe sim! E até mais bonito!
Bjsss

Lih ;] disse...

do jeito que o amor é tão puro. do jeito que o amor é tão lindo.
do jeito que eu amo meu amor.

R.Vinicius disse...

Eu quero um amor pra mim =) Lindo suas lindas Layana. Abraço, até breve,

R.Vinicius

R.Vinicius disse...

Eu quero um amor pra mim =) Lindo suas linhas Layana. Abraço, até breve,

R.Vinicius

Vinícius Aguiar disse...

Nossa, é tão bom sentir-se assim... e melhor ainda é viver tudo isso! Maravilhoso, parabéns!

றιką Rocha disse...

Obriigaduuuh

:)

Do jeito q vc disse no final não concordo existe tantos amores maiis niniitos q as novelas,até...

Bjoos
Liindo texto menos o fiim[rsrsrsrsr]


Mika

vitoria disse...

lindo o poemaa!!

Conde Vlad Drakuléa disse...

"E do jeito que escreves, sempre fica lindo"!!!
Genial, muito bonito este post!!!
Beijos do conde e excelente fim de semana para ambos os enamorados com muitos beijos e chocolates!!!
Voei!

paulinho damascena disse...

Belissimo texto, amei...
topa parceria entre blog?

vá lá no meu

http://pcsouzabv.blog.uol.com.br/

P.Winter disse...

Oi,Layana

Adorei sua poesia..aproveite bem este amor!

Obrigada pela visita e volte sempre!
bjs

pensador made in vaso disse...

Já ouvi uma música que seu poema me lembrou. O amor, flor que desbota, que murcha e perde as pétalas, sempre irreal e eterno.
òtimo poema.
abraços libertários

Tatah Marley's Confissões disse...

perfeito flor.
blog lindinho o seu!
lembra meu 'namoro' este texto, com algumas excessoes por ele morar longe..!
:/
beijinhos

Sweet Girl ჱܓ disse...

nossaaa que lindooo ! seu blog é perfeitoo ;D
Posso te linkar ?

Beijos ;*

Poemar disse...

Um amor de novela é também o que eu quero, eu e milhares de mulheres por aí à fora.

* Uma gracinha o teu texto, Layana!

* Beijos!

Srtª Elis disse...

oii..nina..
quando fazemos as coisas do nosso jeito tudo fica com forma mais de amor!!!
xero!

Camila :) disse...

ameei, vou mandar pro meu *-*
ee sempre lembrarei q foi vc qm escreveu,

bejoo

Nadezhda disse...

O meu é mais amor de vida real, onde essas coisas nem sempre acontecem.

Obrigada pela visita ;)

Jéssica disse...

que poema apaixonado =)

R.Vinicius disse...

Estou aguardando seu próximo post moça =]

Ótimo final de semana.
Abraço, até breve,

R.Vinicius

Bandys disse...

Layana,
Que talento!!! Mas amor sem ser de novela é lindo do mesmo jeito ou ate mais...
Seu blog esta d+, parabéns!!
beijos

PS Uma dica: tira essas letrinhas do sistema de comentarios...

Mohan Rajoriya disse...

Hii

my name is mohan from india
I am a graphic designer

i love my work and my fashion

I am looking for frndship...............
do you accept then plz reply

I like your blog
Very nice blog you have

Regards
this is my web sites:
http://prajapatipariwar.org
http://umeorhum.com

mohancy@gmail.com
mohancy@hotmail.com

Talita disse...

Que lindo. Amei o que você escreveu!
Seu blog tá lindo ♥