BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Infância!


Ela olhava pela janela,

A leve brisa corria seus cabelos,

Os cômodos vazios da casa, traziam o eco do pequeno rio que corria ali.

Seus olhos alcançavam além do horizonte! Muito além, chegavam à ir..

á galope em seus pensamento, para outros mundos, que a pequena selva adiante do rio, abrigava! Seus olhos, brilhavam de acordo com a luz do sol.

Pegou seus lindo cavalo, e foi atrás de novas aventuras!

Foi quando sua mãe.. despertou-a dessa gostosa jornada, pedindo para que fosse almoçar!

A criança meio tristonha, desmanchou a brincadeira, Olhou em volta e o que a pouco era uma grande floresta, tornou-se um pequeno jardim de uma pequena casa.

Quando nascemos, não somos nós que viemos ao mundo.

E sim o mundo inteiro que vêm a nós.. como um presente!

É por isso que quando somos crianças o nosso pensamento é como um cavalo branco, e o mundo uma brilhante aventura, cheira de de surpresas, descobertas, e sensações!

Mas quando nos tornamos adultos, fazemos da vida uma banal rotina, de uma pequena passagem da nossa pequena vida. Perdemos a essência ingénua e doce, perdemos a capacidade de nos surpreendermos, procurando sempre respostas lógicas para todos os acontecimentos, não podendo simplesmente acreditar em magia!Só por hoje, pelo agora.. deixe sua criança viver através do espelho! Surpreenda-se..



"A infância não é um estagio para tornar-mo-nos adultos, e sim a fase adulta é um estagio para criarmos novas crianças"

9 pensamentos:

Talita disse...

Devemos conservar nossa criança interior viva sempre! :)

Adicionei ;D

Beijos

Janete Andrade disse...

infelizmente essa criança vai morrendo a medida q crescemos, lutamos contra isso, outras matam ela... eu sou a favor de q essa criança permaneça viva pra sempre. é difícil é, mas mais difícil ainda é sobreviver sem essa criança! ;}

beijão minha guriia . :**

Janete Andrade disse...

laay diga a sua amiga do blog 'nunca é tarde de mais...' q num tô conseguindo acessar o blog dela não. :|
só fica aparecendo o fundo da página - preto com umas estrelinhas. ;$

beijão =*

Camilla disse...

Eu tô com uma saudade absuuuuuurda da minha infância...

Beijos Lay!!

amália :) disse...

Eu tô com uma saudade absuuuuuurda da minha infância... [2]
queria saber porque todas as crianças tem que saber que o papai noel e coelhinho da pascoa não existe, e todos os contos de princesas são apenas contos. assim, daqui a um tempo as crianças vão perder a essência infantil quando ainda deveria tê-la (se num é que já perderam)
flooooooor, adorei a sua visita no meu blog. gostei de cara do seu, posso linkar? :D
bjo bjo ;*

Flá Costa * disse...

também lembrei da minha infância no meu post!
Lindo texto!

beijoca

Bill Stein Husenbar disse...

Doce infância...

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

DIE disse...

Os adultos são obliterados pelo mundo e por eles mesmos... Algumas vezes, como sempre pensam que devem se tornar pessoas fortes, desfocam seus olhos da imaginação inocente anterior e colocam-se em meio a rotina duotônica da cidade... Mas mais por culpa deles mesmos do que do mundo em si...

Ótimo texto... parabéns... Como sempre, um ótimo blog...

Janete Andrade disse...

falou tudo lay, antes a correria de um dia de semana do q a morgação de um domingo! :Y'

=*