BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

sábado, 28 de junho de 2008

Vermelho.

Ela estava vestida de vermelho,
no restaurante mais caro da cidade..
com uma taça de vinho tinto, intocável, a sua frente,
as velas acesas em um candelabro reluzente
Ao som de vários violinos..
Era tudo tão romântico, não para ela..
Seus olhos era gelados, mas seu corpo era um convite para o pecado.
Sua presença, transmitia mistério..
Seu doce silêncio, era suspense...
Todos a sua volta queriam saber quem seria o tão sortudo cavalheiro que iria ter
naquela noite, a companhia de tão inestimável dama.
Foi quando.. um homem, de boa aparência, alto, com olhos cinzentos..
entregou-lhe uma rosa tão vermelha quanto sangue.Tão vermelha quanto o vestido que ela estava usando,
Junto a rosa.. havia um guardanapo..
nele estava escrito: você está linda, Eu te amo..
Foi quando ela se levantou,
bebericou um pouco do vinho deixando a marca de seu batom vermelho,
e sem olhar para ele, virou as costas e se foi.
Ele sem entender, sentou-se na mesma mesa a qual ela estava sentada, e beijou seus lábios marcados na taça.. um ar de perda se espalhou pelo recinto, ele tinha o olhar triste. Foi quando ele descobriu, o mesmo guardanapo ao lado da garrafa de vinho, desenrolou-o vagamente, no verso estava escrito:Vem comigo, me segue, eu te ensino o caminho.
Ele abriu um largo sorriso e olhou pela janela do restaurante, do outro lado da rua.. lá estava ela. Sorrindo, foi a primeira e única vez que à vi sorrir.

PS: Desculpem a demora pessoal, a minha inspiração havia entrado de féerias.

11 pensamentos:

Vinícius Aguiar disse...

A inspiração entrou de férias, mas em compensação, voltou com tudo né?!
hehehehehe
excelente texto, cheio de romantismo, muito poético e inteligente!
apareça mais, parabéns!
beijos!

Janete Andrade disse...

caramba lay! :O
vc escreve muito bem essas histórias... ;D
tão romêntica, tão misteriosa, não sabe o quanto me identifiquei com essa mlr - misteriosa, silenciosa, olhar gelado, e quando o cara disse q a amava, ela levantou-se e saiu, mas havia deixado um bilhete dizendo: vem q eu te ensino o caminho. sei lá acho q os homens q me amaram, me amaram de uma maneira 'errada', preciso ensinar o caminho a eles, porém eles smp acabam se perdendo pelo caminho. =/

:***

Camilla disse...

Ai que texto lindo, hein...
Vc fala que eu vou fazer sucesso mas acho que é você que vai viu?

Beijos Lay!!

Rafael disse...

Hahahaha!

Concerteza o melhor Blog.

;*

Vinícius Aguiar disse...

ei linda... tem um selinho pra vc no meu blog!! passa lá!
beijos!

- renata disse...

Lay do céu, tem nem o que dizer do post *-*

beijo beijo

Mel disse...

adorei o post!
sabia que ia gostar só em ver o titulo. Adoro vermelho ;D

P@ty disse...

Caramba, você escreve muuuuuuuuito bem
Adorei o capítulo
Bjuss

DIE disse...

Muito bom seu texto sim... Muito bom...

A dama de vermelho... Gostei muito da imagem que vc consruiu...

Beijos.. e parabéns...

Fê Meirelles disse...

uaaau, que chique!
adorei a história, e ando viciada na cor vermelha, imaginei um vestido bem lindo pra sua personagem! heheueh

beijos, e parabens pelo blog!
:*

Talita disse...

Não podia ser azul? :P
(tá, eu sei que não...abaafa ;P)

beeijo!