BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Sem vestígios



Parecia um caso sem solução, como se tudo houvesse acontecido como num passe de mágica.
O telefone do investigador Rui havia acordado-o após três toques, deu uma olhadela no relógio digital que ficava em sua cabeceira e este marcava 4:00 AM, e só então atendeu ao telefone que ainda gritava estridente:
— Alô?
— Rui? É o Luís, temos um homícidio na Rua Vereadores 1.410, no Grande Hotel.
— Tá, sigo praí em dois minutos, temos alguma testemunha?
— HAHA, é meu amigo, esse é mais um caso para o novo Sherlok Holmes, pois o nosso assassino é um fantasma, sem digitais e sem vestígios.
O corpo nu de uma bela mulher jogado na calçada estava agora cercado por peritos criminais que se espremiam para poder realizar o devido trabalho com eficiência. Um fino fio vermelho de sangue percorria todo o seu corpo esbelto e macio da mulher jovem e ao seu lado uma taça de vidro quebrada.
O investigador federal chegou ao local com o casaco amarrotado e ao ver a situação do caso perguntou a um dos peritos:
— Festinha particular?
— Não senhor, ao que parece ela estava sozinha no quarto, estamos esperando os caras da autópsia chegar.
O experiente investigador agachou-se junto ao corpo para analisar quaisquer que fossem as evidências:
— Ela foi estrangulada por um homem, que era conhecido pela vítima, mas era inesperada a visita do tal, ela havia acabado de sair do banho e ...
— Mas, como (...)?
— Como eu sei? O inchaço das amigdalas da vítima indicam a pressão feita por mãos em volta de seu pescoço, as marcas azuladas são as marcas dos dedos fortes que a apertaram, são marcas grandes, que só um homem poderia fazer e era um amador, não sabia exatamente onde deveria sufocá-la, a forma como está caída mostra-me que foi uma queda do sétimo ou oitavo andar.
— Foi do sétimo senhor.. —— o investigador olhou para cima.
— Uma das portas da varanda ainda está fechada e como o pequenino amontoado de espuma seca em seu ombro me indica que ela havia acabado de sair do banho me leva a pensar que ela abriu a porta depois que seu visitante importuno chegou. Ou você tomaria banho com as persianas de seu quarto abertas? E se fosse o nosso homem quem tivesse aberto aquela porta ela estaria novamente fechada agora, pois psíquicamente a mente de um psicopata retorna tudo como estava antes do crime. Cheque o pescoço dela para ver se possui digitais. Eu vou subir até o quarto.
No luxuoso quarto de hotel tudo estava em ordem, outro dos agentes havia lhe dito que a fechadura digital da porta não indicava que nenhuma pessoa havia entrado no quarto depois das três da manhã, quando a vítima havia chegado de uma festa e passado pela recepção sozinha. No trinco não havia digitais diferentes da jovem loura caída lá em baixo, o que levou o investigador a conclusão de que o culpado tinha entrado no quarto junto com ela. Mas se ela passou pela recepção sozinha.. o caso estava ficando cada vez mais complicado, o sujeito era mesmo um fantasma, não tinha identidade, e pelo visto também não tinha digitais.
Foi quando Rui depois de horas de investigação pela suíte, teve um sobressalto:
— É isso..!



Continua na próxima postagem, será que o caso vai ser solucionado?

27 pensamentos:

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Incrível as várias formas que a morte pode chegar para uma pessoa. Com o clima de "pós-festa" e na calçada na frente de onde morava, de onde passava todos os dias, foi palco de seu final trágico. Uma morte silenciada pelo medo e pelo mistério. Um criminoso - que de primeiro momento - pareceu cometer esse suicídio com bastante insegurança. Esse caso me chama bastante atenção...

Esperando insessantemente pela continuação...

-- -- --

Em meio a tantas coisas sem sentido, temos a oportunidade de fazer diferente, de dar sentido as nossas vidas. Creio que nunca conseguirei alcançar a real essência de ser realmente um ser humano puro, mas farei de tudo para alcançá-la.

Fiquei grato pela parabenização, ainda mais vindo de alguém que escreve tão ... Rs' Bom, o adjetivo que viria fica a sua escolha. Tem a capacidade de receber o melhor deles.

Seria ótimo ver mais de suas palavras em meu blog.

Fica aqui o meu beijo e minha total atenção!

Anna helena disse...

Adoreeei :)
só não gosteei de ter que esperaa pra saber a continuação da história :P
beeeijo ;*

Atreyu disse...

[AAAAAAAAA] vale não isso! .rsrs.
Depois eu volto pra ver a outra parte

CHRONICLES OF ANARCHY disse...

se tiver finais, clichês, como vai levar cascudo!

Islla Lopes disse...

AAAAAAAAI EU ADORO, CONTINUAAAA, VAI VAI VAI
DHSUHUAUIDHUISDUSDUSAHSUIHSA
AMEEEEEEEEEEEEEEEI *-*

Camila disse...

eu quero que fique tdo bem :)

Wanessa B. disse...

to be continued... arrgh! rs
estou ansiosa ;s
muito linda vc, viu?!
Ah, to te seguindo..


beijo

Mariah disse...

obrigada pela visita :D volte sempre... adorei o post!

Daniela Filipini disse...

Já li dois livros com histórias assim *-* Acho muito interessante.. Terá continuação?
Seu blog tá LIINDOO!

Paula disse...

Nossa! Incrível a história..
Você escrever super bem!
:D

Julia disse...

Tá tdo mundo curiooso..haeuaheuh termina logo!
Além do mais, você escreve muuito bem, parabéns, beijo

Deni Maciel disse...

vi seu blog no d uma aiga
achei bm legal
parabens.
espero e virei mais vezes
o//

bm passando pra desejar uma ótima semana
e deixar o PUMsamento do dia...
se você tem aquele amigo bebum....que intorna todas...o deus dele é o zeca pagodinho e a santa é a amy winehouse....lembre que poderia ser pior..ele só num bebe acetona porque
tira o esmalte dos dente . ..
abraços e se cuide.

Carol Garcia disse...

aaah a primeira vez que eu venho aqui e vc já me deixa na curiosidade, e que curiosidade hein,
adorei a história e pelo que está acontecendo acho que era alguém que morava em outro apartamento e foi entrar no dela com ela, um namorado de lá talvez ?
adoro histórias assim
um beeijo e adorei aqui ~

bruno disse...

Ah acho q os cara num vão ter competencia de resolver não
ahUIAUihuiahuihuiah
falta um sistema de segurança no prédio ;x

mas ta espetacular o textoo.aguardareii o resultado ;D

Crispi. disse...

Caramba! Eu adoro contos policiais (já li quase todos da amiga Agatha Cristhie), e adorei o começo do seu! Vou ficar muito curiosa, demora não pra postar ;)

meus instantes e momentos disse...

ótimo teu modo de escrever.
Gosto daqui..
Maurizio

Daniela Filipini disse...

Respondendo ao seu comentário.
Me agrada muito saber que não sou a única que ama e sofre... Mas não amo, admito. Só sinto um carinho e uma dependência tão grandes que me fazem pensar que o amor é algo tão fácil de se encontrar... Mas, enfim. Acho que não é amor. Acho.

Luiz Guilherme disse...

mistério..coisas que parecem não ter solução..mas que em certos momentos acabe tendo uma surpreendente revelação.

http://guilg7.blogspot.com/

vlw

Carol Garcia disse...

aaah e continuo achando a mesmo coisa do caso, era alguém que era de outro apartamento !
bjs

disse...

Oie *_*, adorei teu blog, tu escreve muuuuuuuito bem :D

=

Beeeijinhos!

Daniel disse...

Olá, obrigado pela visita em meu blog. Que bom que te fiz pensar por algum tempo depois de ler minha postagem. Fico feliz.

Quanto ao seu gostei bastante também. E gostei da postagem, tanto que quero saber como continua.
Beijos

Mayana Carvalho disse...

isso o que? *tensa*
ansiosa pela continuaçao

Wanessa B. disse...

quando vai postar o proximo? rs
beijos

Wanessa B. disse...

aiin, odeio esperaar >.<

Marcos Aquino disse...

Ah continuação. adorei o post.

Wilian Bincoleto Wenzel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Ultimamente tenho recebido comentários que me fizeram muito bem... E é claro que o seu não poderia estar de fora dessa lista especial. É sempre muito bom receber notícias positivas de pessoas que admiramos.

Ao que tudo indica sou apenas alguns meses mais velho que você, e corremos atrás de objetivos bem parecidos. É claro que com o início de um estágio e uma bolsa ganha para faculdade você fica alguns degrais àcima. Rs'

Também pretendo iniciar minha faculdade de Jornalismo muito em breve, e para isso eu precisaria de uma base financeira, que é o que acontecerá dentro de alguns dias... Pois se tratando de notícias boas, cheguei de uma entrevista agora e, bom, consegui um emprego. o/

Não se preocupe pois não deixarei o aroma desses girassois tão cedo, tão pouco a beleza que envolve teus versos.

(Morar no Sul é maravilhoso, espero que ainda esteja por essas redondezas)

Continue sempre radiante, Lay!

Ah... E independente de credos e religião... estarei orando por você e por seus sonhos.
Beijo grande!